sexta-feira, 18 de março de 2011

Surpreendente.



Aquele garoto, aquele cara, sabe? Aquele que me encantou, tá lembrado? Pois bem, ele é você.
É tua culpa todas as vezes em que eu fiquei vermelha de raiva, todas as vezes em que eu fiquei sem palavras, de tanta felicidade; todas as noites sem dormir, todas as noites muito bem dormidas. E também todas contrariedades.
Se lembra daquela nossa briga? Aquela vez em que eu cortei nossas fotografias, dividindo-a em duas partes; numa eu, noutra você. E depois que fizemos as pazes, o arrependimento que eu senti e a vontade de poder colá-las e deixá-las como eram antes, também é culpa tua.
E aquele dia então, como eu iria esquecer? Quando você cruzou a porta da sala com aquele buquê vermelho enorme, parando a aula de biologia e pedindo à professora que o deixasse dar uma palavrinha comigo. Não há dinheiro no mundo que pague a cara de surpresa que eu fiz, e a alegria que eu senti quando você fez aquilo. Também não posso esquecer a forma como você me abraçou, quando meu rosto se avermelhou, enquanto a sala nos aplaudia. Sinceramente? Você é louco. Mas é o meu louco.
Ou quando não armava esses teu planos diabólicos, sempre encontrava um jeitinho de me pegar de surpresa. Às vezes era quando eu estava naquela roda de conversa, com os meus amigos, que você chegava de mansinho, sussurrando alguma coisa ao pé do meu ouvido; ou então, dava de sumir o dia todo só pra, quando a noite caísse, me ouvir dizer que fiquei preocupada e que senti tua falta. Honestamente? Você não é normal. Mas é o meu anormal.
Sem contar dos outros tantos dias em que aparecia aqui em casa, logo cedo, quando eu não estava esperando por você. Sempre dizendo que eu ficava ainda mais bonita quando pega de surpresa; mesmo com aquele pijama amassado, com o cabelo preso, a cara ainda inchada e a voz de sono. E aí nós sentávamos em volta da mesa redonda, e tomávamos café da manhã juntos.
E eu confesso que te amo cada vez mais, a cada surpresa, a cada dia.

*texto fictício*

Beijos e me liga pra contar das tuas surpresas :*
__________________________________________________________
PS: Sabe quando você assiste filmes demais e começa a acreditar neles? Então. Sonhar faz bem, né.
PS2: Comente, deixe sua marquinha aqui ;)

17 comentários:

  1. Uhuhuh - serei a primeira a falar dessa maravilha de texto. Pequena, já vi um história parecida! :x - Lindo,você sabe encaixar as palavras, beijos <3

    ResponderExcluir
  2. tem um selinho lá no meu blog proc""
    bj""
    passa para pegar e vai enviando!!

    http://osilenciodaspalavrass.blogspot.com/p/selinho.html

    ResponderExcluir
  3. paixao .. é algo fora de serio rs
    gostei muito desse Blog, textos bem interessantes,
    passarei sempre por aqui pra acompanhar as postagens e atualizaçoes, ;)

    Att,

    http://sawuelbruno.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. O que dizer?
    Adorei! Sonhar faz bem e necessário. Adoro quando as pessoas me lembram do quanto eu amava e ainda amo sonhar, de um jeito um pouco diferente, mas amo! Navego e onde me encontro paro, será um prazer seguir esse blog menina, bjs!

    ResponderExcluir
  5. Eita que coisa linda Yasmin ! Fico me perguntando por onde andam esses meninos românticos, ou fogem de mim ou estão brincando de esconde-esconde por aí. E nem sabe o quanto eu estou precisando disso ultimamente viu. Maravilhoso. :*

    ResponderExcluir
  6. É a paixão é uma coisa que muda tudo, *-*
    Conheço uma história parecida, :x
    Como sempre minha linda, belas palavras. Beijos

    lelyanjos.blgspot.com

    ResponderExcluir
  7. Sonhar sempre faz bem. Esse lance de que sonhos não se realizam é mentira, o que existe são pessoas que não lutam para realizá-los.
    Para um texto fictício esse até que me pareceu bem inspirado kkkkk :p
    Lindo.
    Se tiver twitter: segue @iorgama

    ResponderExcluir
  8. É, não adianta, não tem como esquecer.

    ResponderExcluir
  9. Own, quero um anormal desse pra mim. Que bom seria se fosse real né. *-*
    Lindo.

    ResponderExcluir
  10. Que texto fofo, quanto amor, quanta melosidade que é de dar inveja, hahaha. Ficou lindo, a parte do buquê no meio da aula foi algo tão fofo de se imaginar, rs. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Ahh, adorei flor o seu texto!
    O blog também é lindo! :D
    beijinhos

    ResponderExcluir
  12. "Sempre dizendo que eu ficava ainda mais bonita quando pega de surpresa; mesmo com aquele pijama amassado, com o cabelo preso, a cara ainda inchada e a voz de sono."

    descreveu minha situação, quando o Mateus vem em casa! kkkkk'

    Lindo texto girl *-*

    ResponderExcluir
  13. É bom ter esse alguém que te faz sentir a melhor pessoa do mundo.
    Gostei do seu cantinho.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. ten selinho pro'c querido seguidor!
    obridada pela honra!

    boa semana e bjs pro'c!!!

    !!!
    http://osilenciodaspalavrass.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. lindo mesmo !
    êê PASSIONE ! ahusheuahsuhe

    ResponderExcluir

Não leio mentes ainda, então não vou saber o que você achou a menos que comente.