segunda-feira, 7 de setembro de 2015

4 on 4: P&B


      Oiê, gentê!
      Acho que já deu pra perceber que o BEDA foi meio falho por aqui, né? Digamos que não tenha sido uma boa ideia assumir posts diários junto com o combo "volta às aulas + redação de projeto de pesquisa". Tem coisa que nem eu sei por que me comprometo a fazer... Coisa de gente teimosa. Infelizmente não deu certo dessa vez, mas quem sabe ano que vem! (De novo, gente teimosa é fogo, né?)
      Mar vamos falar de coisa boa! O BEDA não deu certo, mas o 4 on 4 continua firme e forte (só um pouco fora da data). Eu e as meninas decidimos que as fotos deste mês seriam com a temática P&B, ou seja, tudo em preto e branco! 
      Eu acho foto em preto e branco a coisa mar linda, mas não costumo usar muito o efeito então foi até meio desafiador, de fato. Vamos lá!



1) A flor da sala, que estava super fotogênica com o sol de fim de tarde entrando pela janela. Poético.
2) O entardecer no campus da UFSCar
3) De novo, um pedacinho do céu no campus da UFSCar
4) Ninoca (ou Nina, oficialmente), minha idosinha de 14 anos, em um soninho daqueles bem pesados.



Essas foram as minhas 4 fotos para o mês de setembro! Acompanhe o projeto no blog das meninas também:

Beijos e me liga para contar das suas fotos em preto e branco.


quinta-feira, 6 de agosto de 2015

3 tipos de chá que moram no meu coração.

      Já perdi a conta de quantas pessoas nesse mundo disseram ser apaixonadas por café. Ok, café é legalzin, é uma maravilha pra dar aquela acordada, mas... A paixão da minha vida é chá. Chá é tudo que há de mais lindo e aconchegante neste mundo; e aliado ao meu amor por canecas, essa combinação só poderia dar coisa boa.
      Eu sempre fico indecisa quando estou em frente a uma prateleira de chás no mercado e então bate aquela vontade de levar todas as caixinhas que couberem no carrinho; mas aí eu respiro fundo e penso que é melhor comprar uma por vez porque vai que, né, tem algum que eu não gosto. E foi pensando nisso que eu achei bacana fazer um post aqui no blog com os 3 chazinhos que eu mais amo.       Eu não experimentei uma vasta cartela de sabores porque sou dessas que quando ama uma coisa, fica morrendo de medo de trocar e acabar se decepcionando. Por isso posso garantir que os meus três preferidos são ma-ra-vi-lho-sos (pra mim, claro).






1) Não adianta. Chá matte é o clássico que rouba meu coração; prefiro a versão a granel porque aí posso colocar a quantidade que me agrada: bem forte!

2) Visto que eu amo o bom e velho chá matte, a versão com pêssego só podia ser amor. É uma delícia porque de início você sente o sabor do matte normal e aí no finalzinho um toque suave e docinho de pêssego. Costumo usar 2 sachês para uma xícara porque, de novo, gosto de chá mais forte.

3) Esse foi uma surpresa. Comprei na maior desconfiança porque não sou tão fã assim de canela, mas gosto bastante de maçã. E não é que ele é bom? A cor dele é bem bonita quando pronto e o sabor é bem gostoso. Diferente do matte com pêssego, neste você sente o sabor das duas coisas ao mesmo tempo, por mais incrível que pareça; e os sabores são bem suaves. Uma delícia!

E para finalizar o post, algumas fotinhas dos meus chazinhos fotogênicos:


That´s all, folks! Beijos e me liga para contar dos seus chás preferidos!


terça-feira, 4 de agosto de 2015

4 on 4: livros.

Oiê, gentê!
O post de hoje faz parte do 4 on 4, um projeto que eu e mais três blogueiras decidimos fazer. Eu já participei de algo do tipo (o falecido 12 on 12) há um tempo, mas infelizmente fracassou (ah, vá?). Para quem não conhece, se trata de um "desafio" fotográfico no qual, no nosso caso, postaremos 4 fotos sobre um determinado tema, todo dia 4 nos próximos 4 meses. E nós decidimos que este mês trabalharíamos com livros! Para mim, não foi nada difícil pois se tem uma coisa que eu acho super fotogênica, essa coisa é livro.
Então, sem mais delongas:



E estas são as minhas quatro fotos para o 4 on 4 desse mês. Tem mais desafio fotográfico dia 04 de setembro! Quer ver as fotos do restante da turma? Acessa aí:



E lembrando que amanhã tem post também, já tá sabendo que eu tô participando do BEDA, né?

Beijos e me liga para contar das fotos que você tira enquanto lê.






segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Vai ter BEDA, sim!




Mas olhem só eu aqui de novo, uhul! Como vocês estão? Eu tô bem, obrigada, curtindo um restinho de férias e me preparando psicologicamente para o início do próximo semestre.
E enquanto ele não chega, eu venho trazer uma *boooom* novidade *boooom* para vocês. Quem já é do meio blogueiro sabe que esse mês tá rolando o tal do BEDA.

Mas Yasmin, o que é BEDA?

O BEDA (abreviação de Blog Every Day August) nada mais é do que um projeto proposto pelo grupo de blogueiros mar lindo dessa internet, o Rotaroots. A proposta é: postagem em todos os dias do mês de agosto. Não há restrição nem imposição de tema; o que eu quiser postar, puf, tá postado. E agora eu abro alguns segundos para vocês se espantarem e exclamarem um longo e sonoro "oohhhhh", afinal, isso nunca foi visto antes nas terras deste pequeno bloguinho.
Eu pensei bastante antes de tomar a decisão de me unir ao pessoal e participar do BEDA; querendo ou não, é uma responsabilidade considerável visto que minha frequência, em um momento áureo da vida, não passou de 1 singelo post por semana. Mas acho que vai ser bacana e estimulante ter um post por dia neste recomeço do blog! Espero que vocês gostem das ideias que eu separei e que a gente se divirta no próximo mês!

Até amanhã, gentê! 


quarta-feira, 8 de julho de 2015

Para algumas coisas nascerem, outras têm que morrer.


       Durante a nossa vida, muita coisa acontece; o ser humano vive em média 66,7 anos, o que é tempo mais do que suficiente para que muita água passe debaixo da ponte. Durante este tempo, conhecemos algumas centenas ou milhares de pessoas, umas permanecem por muito tempo, outras não. Neste meio-tempo a gente muda de endereço, de cabelo, de estilo e até de opinião. Essas mudanças podem ser boas, ruins, com a nossa ciência ou mesmo sem a gente querer; a gente pode se adaptar facilmente a elas ou levar um certo tempo, mas a verdade é que toda mudança acontece porque chegou a hora.
        Desde que entrei na faculdade, as coisas ficaram um pouco corridas e eu fui obrigada a fazer uma doída seleção daquilo que era prioridade na nova rotina, puramente por uma questão de tempo; e, com isso, o blog foi um pouco abandonado. Não havia um dia sequer que eu não sentisse falta de alimentar este cantinho. Reapareci por aqui algumas vezes, com algumas ideias para pôr em prática e com a promessa de marcar presença com mais frequência; mas não obtive sucesso. Resultado: mais alguns meses de blog em um silencioso hiatus. 
       Pensei bastante a respeito. Refleti em busca de algo, além da correria do dia-a-dia, que pudesse explicar melhor o porquê de todas as tentativas de volta terem sido falhas. Até que eu descobri.
       Sabe quando a gente é criança e tem uma peça de roupa favorita que deixa de servir quando crescemos? E então a única saída é se desfazer da peça substituí-la por outra? Pois bem, o Bom Dia, Sophia era a minha peça de roupa favorita. Ele nasceu em 2010, por volta dos meus 15 anos, e suportou uma enorme quantidade de mimimis adolescentes. E essa era a sua intrínseca identidade. Até que chegou o dia que eu finalmente aceitei que a roupa não me servia mais; e o mais triste: que eu não me identificava mais com ela. 
       Foi então que eu decidi deixá-lo ir. O Bom Dia, Sophia ficou doente por alguns meses, frágil, abandonado e não resistiu. Veio a óbito. Mas ele só morreu para que uma outra coisa, muito melhor, viesse em seu lugar. 
       É com muita alegria que eu estou aqui para apresentar a vocês o Muda Mundo! Pode até parecer que nada mudou por aqui, mas esta alteração de identidade significou muito para mim e, hoje, quando abro o blog e vejo ele assim, bonitinho e com a minha cara, sinto vontade de abraçá-lo. E sabe, eu acredito piamente que a vontade de abraçar as coisas/pessoas é um bom indicador de que estamos no caminho certo. 
       Estou bastante animada e espero que vocês gostem das muitas coisas legais que acontecerão por aqui! Uhul!

      Gabriela Aragonés

E só para não dizerem que tudo mudou completamente: um beijo e me liga para contar das suas mudanças.